banner topo

Nikão deixa futuro incerto no Athletico: "Agora é desfrutar. O amanhã pertence a Deus"

Camisa 11 tem contrato com o Athletico até o final do ano e propostas do Brasil e do exterior. "É um clube que está eternizado dentro do meu coração, independente do meu futuro", diz

Por (Redação) em 01/10/2021 às 18:34:50

O meia-atacante Nikão, do Athletico, participou do Seleção SporTV desta sexta-feira, comentou sobre a classificação para a final da Sul-Americana e deixou o futuro em aberto. Ele tem contrato só até o final do ano com o Furacão e propostas do Brasil e do exterior em mãos.

- Realmente, me emocionei, porque hoje posso olhar para trás, ver tudo o que eu passei, tudo o que eu vivi dentro de campo. É um clube que é gigante e que está eternizado dentro do meu coração, independente do que vai acontecer, do meu futuro. As coisas encaminham para isso. Tenho mais dois meses de contrato. Vou cumprir até o final. Sobre negociações, deixo para as pessoas competentes.

Nikão também falou sobre uma superação pessoal para que ele pudesse jogar contra o Peñarol. O camisa 11 marcou o primeiro gol e deixou o Furacão - ainda - mais perto da classificação. Depois, ele ainda deu assistência para Pedro Rocha definir o placar.

- Tive uma lesão contra o Grêmio no punho, uma lesão considerável, e tenho que agradecer aos fisioterapeutas e aos médicos por me ajudarem na recuperação. Não podia de maneira alguma ficar de fora, independente da dor. Um jogo que eu particularmente gosto, um jogo mais solto, de contato, onde os árbitros param pouco.

Nikão também comentou sobre a busca por um novo técnico. O Athletico está de olho no mercado desde a saída de António Oliveira, há três semanas. Em coletiva após o 2 a 0 no Peñarol, Paulo Autuori sinalizou que o substituto está perto de chegar.

- Uma situação que eu não tenho muito o que falar, porque eu não sei. Situação mais particular do Paulo (Autuori), William (Thomas) e do presidente (Mario Celso Petraglia), se há treinador novo, se vai chegar ou não. Procuro fazer meu trabalho dentro de campo - concluiu Nikão.

Fonte: ge.globo

Comunicar erro

Comentários