banner topo

Depois de 20 anos do PT no poder, deputado petista culpa elites pelo analfabetismo no estado

Para o parlamentar, o governo seria irresponsável se não usasse os R$ 1,6 bilhão recebido dos precatórios para criar o programa de alfabetização que está beneficiando, segundo ele, mais de 400 mil piauienses

Por Plantão de Noticias em 18/04/2022 às 17:08:48

O deputado estadual Francisco Limma, do PT, culpou as "elites" pelo analfabetismo no estado do Piauí durante discurso na Assembleia Legislativa.

"Os representantes das elites, dos partidos que hoje são oposição, nunca tiveram o compromisso de resolver o problema do analfabetismo. Com os nossos governos, em 2010 esse índice já havia sido reduzido. Em 2019, segundo os últimos dados do Governo Federal, o percentual já estava em 16% da população. É alto? É sim, por isso o governo criou esse programa de alfabetização que as elites querem agora fechar", disse o deputado, referindo-se ao Programa de Alfabetização de Jovens, Adultos e Idosos, denominado de PROAJA, alvo de investigações da Polícia Federal por suspeitas de corrupção.

Para o parlamentar, o governo seria irresponsável se não usasse os R$ 1,6 bilhão recebido dos precatórios para criar o programa de alfabetização que está beneficiando, segundo ele, mais de 400 mil piauienses.

"Agora a velha elite se revolta em ver a ação planejada, o melhor programa de alfabetização do Brasil que tem coordenação da Fundação Getúlio Vargas, uma das mais sérias do País, quando eles e seus políticos é que são os verdadeiros responsáveis pelo analfabetismo dos pobres", discursou.

O petista disse também que a tentativa de tirar a oportunidade das pessoas de ler e escrever é "um crime político praticado por uma elite que não tem sensibilidade para corrigir essa distorção secular. Nós queremos o debate, mas com seriedade e sem proselitismo político que somente quer destruir as coisas que beneficiam o povo".

Fonte: 180graus

Comunicar erro
base grande 1

Comentários

banner 2